Ponto de equilíbrio

O ponto de equilíbrio é definido como o nível de vendas para o qual o lucro da empresa seria zero. 

A lucratividade é uma preocupação primordial para qualquer gerente. O ponto de equilíbrio é, portanto, um indicador importante, pois permitirá identificar o nível mínimo de faturamento a ser alcançado para gerar um resultado positivo para o ano.

Como calcular o ponto de equilíbrio? 

Para o cálculo do ponto de equilíbrio, é fundamental distinguir os custos variáveis ​​dos custos fixos .

  • As despesas variáveis ​​são despesas cujo valor pode ser considerado proporcional ao volume de atividade (sendo mais frequentemente medido pelo faturamento). Nas despesas, as compras consumidas de bens ou matérias-primas geralmente se enquadram nessa categoria.
  • Encargos fixos são encargos cujo valor não é influenciado por uma mudança no volume de negócios. Por exemplo, o valor do aluguel não é modificado por um aumento na atividade.

Para determiná-los, a pergunta a ser feita poderia ser: “se eu não fizer um faturamento, quais seriam os encargos que ainda teria que pagar” . A resposta corresponde aos encargos fixos.

O princípio para determinar o ponto de equilíbrio é, portanto, o seguinte:

A noção de Margem sobre Custos Variáveis

A margem sobre o custo variável é o excedente do faturamento sobre as despesas variáveis. Quando as despesas forem desagregadas conforme sejam variáveis ​​ou fixas, é possível calcular a margem sobre os custos variáveis Margem sobre custos variáveis ​​(MCV) = Receita – Custos variáveisA margem sobre os custos variáveis ​​também é um indicador importante, pois permite determinar se a empresa gera volume de negócios suficiente para cobrir seus custos fixos e gerar lucro. A determinação da Margem sobre os custos variáveis ​​também permite calcular a taxa de margem sobre os custos variáveis. Em outras palavras, a Margem de Custo Variável expressa em porcentagem das vendas:Taxa de Margem de Custos Variáveis ​​(TMCV) = Margem de Custos Variáveis ​​(MCV) / Volume de Negócios Os custos variáveis ​​podem ser atribuídos a cada produto ou atividade, ao contrário dos custos fixos que são calculados globalmente. Assim é possível:

  • Medir o desempenho e a rentabilidade de cada produto ou atividade da empresa,
  • Avaliar a contribuição de cada produto ou atividade para a cobertura dos custos fixos da empresa,
  • Identificar produtos ou atividades insuficientemente rentáveis.

Pré-requisitos de cálculo

Para calcular o ponto de equilíbrio, é essencial saber:

  • A percentagem de custos variáveis ​​em relação ao volume de negócios, a Taxa de Margem de Custos Variáveis ​​(TMCV)
  • O valor dos encargos fixos 

Fórmula de cálculo:  Ponto de equilíbrio (SR) = Custos fixos / Taxa de margem sobre custo variável (TMCV)

Capacidade de autofinanciamento

Cash flow é o recurso líquido gerado pela atividade da empresa excluindo itens excecionais relacionados com a venda de ativos (revenda de um item do ativo imobilizado). É uma noção que, portanto, vai além do resultado contábil líquido do exercício (lucro ou prejuízo). Para garantir seu desenvolvimento e honrar suas dívidas, a empresa precisa de financiamento. Os recursos podem ter diferentes origens:

  • recursos de origem interna (capacidade de autofinanciamento (CAF) liberada pela empresa).
  • recursos de origem externa (aumentos de capital, empréstimos, subsídios, etc.) 

De fato, o lucro (ou resultado contábil líquido) resulta da diferença entre as receitas e as despesas. Mas alguns encargos não podem ser descontados. Por exemplo, as alocações para depreciação e provisões são registradas na demonstração do resultado como despesas, mesmo que nunca sejam desembolsadas. No entanto, do ponto de vista contábil, como as despesas de saque (compras, despesas com pessoal, etc.), elas são deduzidas da receita e, portanto, do lucro. Esses encargos, que são simplesmente “calculados”, constituem, portanto, um recurso que permanece dentro da empresa. O fluxo de caixa é a expressão do potencial de financiamento gerado pela empresa durante um determinado exercício. Não leva em consideração itens excepcionais e pode ser expresso simplesmente da seguinte forma: Receitas pagáveis ​​– despesas pagáveis Para calcular o Fluxo de Caixa, portanto, é necessário partir do resultado contábil líquido (lucro ou prejuízo) e corrigi-lo da seguinte forma:

  • Adicionar encargos não monetários
  • Subtraia produtos não numeráveis
  • Reafirmar certos itens excepcionais

Ponto de equilíbrio “econômico”

A fórmula anterior Ponto de equilíbrio = Custos fixos / Taxa de margem sobre o custo variável permitiu determinar o ponto de equilíbrio. Ou seja, o nível de faturamento necessário atingir para cobrir as despesas da empresa e obter um resultado contábil líquido zero. No entanto, a noção de capacidade de autofinanciamento convida-nos a “destacar” determinados encargos, nomeadamente as dotações para amortizações e provisões. Além disso, o resultado contábil líquido, ou mais precisamente a capacidade de autofinanciamento, abrange também determinadas “despesas”, que podem ser reintegradas no cálculo do ponto de equilíbrio. Com efeito, consoante o caso, nomeadamente o regime fiscal da empresa, o lucro deve permitir:

  • para reembolsar o capital emprestado
  • para debitar o operador (caso de IRC) ou o pagamento de dividendos (caso de IRC)
  • gerar excedentes para manter ou expandir o negócio

 Calculado desta forma, o ponto de equilíbrio responde a uma questão mais ampla: Qual é o nível de volume de negócios necessário atingir para cobrir as despesas correntes reais desembolsáveis ​​da empresa, reembolsar o capital emprestado e proceder à cobrança do operador (caso de pessoal imposto de renda – IRPP). Na criação de empresas, a fórmula para o ponto de equilíbrio seria, portanto:Limiar de rentabilidade = encargos fixos “reexpressos” / taxa de margem sobre o custo variável com encargos fixos “reexpressos” = encargos fixos – amortizações e provisões + reembolso de capital emprestado + taxa de operador.

Últimos artigos

spot_imgspot_img
Previous articleViabilidade financeira

Artigos relacionados

spot_imgspot_img